• Rafael Oliveira

Cisto de aracnóide medular



É comum ao cotidiano de um neurocirurgião deparar-se com cistos de aracnóide cerebrais. Todavia, embora muitos desconheçam, tal entidade também pode desenvolver-se em áreas medulares. O cisto de aracnoide medular (cisto extradural) é uma condição congênita rara onde existe uma inadequada comunicação com o espaço subaracnóideo. Geralmente, afetam a região torácica, se estendendo comumente por mais de uma vértebra. A sintomatologia torna-se evidente quando os cistos alcançam um tamanho considerável e engloba dor na região afetada ou radiculopatia. Pode causar sintomas compressivos sendo o quadro motor mais frequente. O diagnóstico é obtido através de exames de imagem (ressonância) e o tratamento consiste na abertura da coluna vertebral posterior (laminectomia) com esvaziamento do cisto. A sutura, tamponamento com músculo ou com outro material da comunicação subaracnóidea da mazela aumenta as chances de cura. O prognóstico é regular.


1,227 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo