MAL FORMAÇÃO DE ARNOLD CHIARI

Características

     A malformação de Arnold Chiari refere-se a uma condição onde há herniação de estruturas cranianas em direção ao canal vertebral. Pode ser dividida em quatro tipos. Todavia, dois são mais frequentes e merecem maior avaliação.

 

  • Tipo 1 – Refere-se ao deslocamento caudal do cerebelo com herniação para o forame Magno.

  • Tipo 2 – Representa o deslocamento caudal das amigdalas cerebelares, juntamente com o bulbo e o IV ventrículo. Geralmente, associado a mielomeningocele e a hidrocefalia.

Clínica

     A sintomatologia mais comum envolve alterações secundárias a compressão do tronco cerebral, dor nucal, disartria, dificuldade de deglutição, entre outros. Fato é que uma miscelânea de sintomas podem ser encontrados.

Diagnóstico

    O diagnóstico é dado através de exames de imagem, sendo o padrão ouro a ressonância nuclear magnética. O tipo 1 está associado, em 20 a 30% dos casos, com siringomielia.

Tratamento
  • Tipo 1 – A cirurgia está indicada em casos sintomáticos, sendo que a melhor resposta é obtida quando faz-se procedimento com até 2 anos de sintomas. Em pacientes assintomáticos é a conduta mais indicada é a observação ambulatorial

  • Tipo 2 – Caso haja a existência de hidrocefalia está indicado a colocação de uma derivação ventrículo-peritoneal. Se existirem sintomas vinculados a malformação, cirurgia está indicada.

 

     O procedimento mais adequado para ambos os tipos é a descompressão de fossa posterior.

Rafael Oliveira - Médico Neurocirurgião e Cirurgia de Coluna Vertebral
Porto Alegre - RS
Dr Rafael Oliveira
2019 - Todos os direitos reservados
  • Instagram - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle

UA-77380970-1